sábado, 15 de julho de 2017

PALAVRAS


As palavras não conhecem tempo, e nem distância.

As palavras são eternas.

São mais que nosso produto ou extensão.


Nossas palavras nos definem:

Como estamos, como somos.

Nossos pensamentos e crenças.

Tudo são palavras.


Gosto de como soam,

de como dançam pelo caminho entre a cabeça e a boca.

Não gosto quando escapam fora de hora: palavras também são fugitivas.


Acho mágico o poder que possuem de confortar,

de demonstrar amor e carinho.

Respeito o seu poder e também temo,

todo o estrago que são capazes de fazer.


Palavras duras doem mais do que pedra.

Ao mesmo tempo que palavras doces são respiro de vida.


Que nossas palavras sejam emissárias do bem.

Que possam transportar o amor.

Que se fugirem seja para revelar segredos bons.

Segredos cansados de serem segredos.


E que no final do dia,

todas as palavras que saíram de nossas bocas,

possam descansar em nosso travesseiro.



Um comentário: