quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Questão de tempo


Quem convive comigo sabe que amo filmes e divido os meus preferidos em categorias. Sou louca de paixão pelos "meus temas"! Bem, adoro filmes que falam sobre:

1) Tempo, viagem no tempo, parar o tempo, adiantar o tempo. 
2) Filmes de "troca de corpo"; sabe quando a alma de uma pessoa vai parar dentro do corpo de outra? E ninguém sabe? E ela tem que viver a vida da outra pessoa? Adoro.
3) Filmes sobre sociedades pós-apocalípticas. Como as pessoas sobreviveram em novas culturas em situações adversas e estranhas. (Sem zumbis por favor- exceção única para "Eu sou a lenda" com o Will Smith)
4) Filmes que têm algum tipo de poder: de Harry Potter a Lucy, de X-Men a Matilda.
5) Filmes com mitologia grega. Sim, Percy Jackson também.
6) Pixar. "Procurando Nemo" marcou minha vida.

Mas ah... o Tempo.

Ontem assisti pela segunda vez o filme Questão de tempo (About time) e me apaixonei de novo pela história. Os homens da família do personagem principal (Tim Lake) conseguem viajar no tempo entrando dentro de um armário e mentalizando para onde e quando querem ir, porém somente podem retornar a lugares e situações que já viveram. Quando ele faz 21 anos o pai dele conta para ele sobre esse dom, e aí o filme se desenrola.

É um filme que fala sobre sentimentos profundos de uma forma leve e doce. Ele emociona e faz pensar sobre as coisas que realmente importam em nossas vidas. Pode até ser um tema lugar-comum, mas sinto que de vez em quando vale à pena refletir sobre aquilo que de tão visto, tornou-se invisível. 

Bem, espero ter incentivado vocês! Questão de tempo está no Netflix e também andou passando no Telecine! =D

Beijos para vocês! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário